terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Flerte - o jogo da sedução

Flerte, por definição, é um comportamento com a finalidade de despertar interesse sexual, mas muito além disso , no flerte a pessoa não se preocupa tanto com "como" ou "por quê" tanto quanto se preocupa com"com quem?" Afinal o melhor flerte é não flertar; porque você não flerta para encontrar aquela pessoa especial — você encontra aquela pessoa especial e então flerta; ou simplismente retribui o flerte.


Bom fazia tempo que não assistia um filme que eu gostasse a ponto de querer comentá-lo. Ontem a pesar de cansada estava sem sono, e resolvi entre as opções que tinha assistir o filme 'Flerte - o jogo do amor'.


Ao assisti-lo deparei-me com cenas e sentimentos comuns a maioria de nós; afinal, apesar de não ser muito usada a expressão 'flerte' e suas variáveis, o ato de flertar é algo bem comum - ou não!? Quem nunca deu aquela olhada com segundas, terceiras e/ou quartas intenções, ou nunca retribuiu um desses olhares com um sorriso tímido, ou nem tanto?


Mas muito além do flerte, e do jogo de sedução, existe o sentimento, o medo da solidão os valores relacionais, o amor, a paixão o afeto - o casal principal discute bem esses temas, o medo do compromisso, mas também da solidão e da perda. E quantos de nós não temos os mesmos medos, não mascaramos nossos sentimentos, não sufocamos nossas vontades? (Apesar da maioria negar esse fato).


Confessar nossos medos, e desejos são de fato algo complicado - não pra todos, mas pra mim sim. Confessar que me vi não na cena em si, mas nas dúvidas, medos e sonhos. A brincadeira das horas (11:11 agora inclusive), o mascaramento da dor, o sufocamento de alguns desejos, o aborto prematuro de sentimento e relacionamentos que poderiam ser promissores.


O fato é que eu acho legal esse lance do olhar, e o valorizo bastante, mas mais do que isso preciso aprender a vencer meus medos para viver o que vem depois do flerte; criar coragem pra lutar pelo que quero e de correr o risco do não ou da realização resultante do sim; afinal a vida por mais que neguemos é um jogo, e para ir longe, é preciso mais do que determinação, coragem, porque nem sempre a gente ganha, mas são as derrotas que nos fazem valorizar as vitórias.


Não quero alguém do meu lado, simplesmente para não ficar sozinha, não quero alguém par passar o tempo; quero sim ter alguém, mas que eu goste, e que eu o aceite e ele me aceite humanos como somos, com defeitos e virtudes, alguém para compartilhar, somar, multiplicar e dividir - e não alguém apenas pra eu não me sentir só.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Amizade

Há alguns dias, recebi do Newton lá do Blog do KG o selo de reconhecimento de amizade; amei claro, mas devido a correria do dia a dia que se intensifica pra mim nessa época só consegui vir aqui postar agora.



Esse selo funciona assim:

Escolho dez amigos para declarar a minha amizade e os nomeio num post; em seguida visito os seus blogs e comunico a nomeação. Cada um deverá nomear mais dez, e assim sucessivamente.
Eu vou quebrar as regras e vou deixar o selo aqui a disposição dos amigos que me visitam.

E finalizo o post com a seguinte frase de Milguel Unamuno - "Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos, não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos".

terça-feira, 24 de novembro de 2009

É assim... por quê?


Porque por mais que você tente, nunca vai está bom o suficiente - simples assim.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Em paz

"Bandeira branca, amor
Não posso mais.
Pela saudade
Que me invade eu peço paz."



Sabe quando a gente fica bem... assim simples... assim como deveria ser sempre. Sem excessos, sem faltas, na medida certa e fim. Então não é que hoje estou assim.


Talvez, e só talvez seja pelo lindo fato da bandeira branca estar levantada dos dois lados - pelo comprimento cordial ter voltado, pelo sorriso leve - meio cafa meio encanto - estar do jeito que sempre deveria ter sido; e por muitos outros detalhes, que pra mim não são meros detalhes... afinal são eles que fazem toda a diferença.



Ah! Não posso deixar de falar claro do carinho gostoso que recebi do 'KG' pessoa querida que eu tenho um carinho e uma admiração muito grande e que que me deixou toda envaidecida com o selo instigante...



Amei e com certeza o Blog do KG foi merecedor desse selo; e agora junto com meu mimo coloco os indicados passem por eles e confiram, acho que não vão se arrepender.

Obrigada a todos que passam por aqui.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Avulsilidades dos dias


E essa está sendo a semana dos telefonemas...e dos sonhos loucos mas ótimos.

Terça feira 01:01 o celular toca...do outro lado da linha alguém que eu esperava que nem tivesse mais meu número; no meio da conversa que andava meio sem foco veio a pergunta: "- E o 'fulano' como está?" puta, me liga na madrugada, pra me perguntar isso? Podia ter falado milhões de coisas, mas disse apenas " - Está bem..." na verdade isso é o que eu acho. Tocamos mais algumas palavras e não demorou desliguei. O que não significa que voltei a dormir.

Na mesma terça feira, só que já bem mais tarde, decidimos animar um pouquinho a noite e fomos rumo ao trailer, porém ele não estava aberto, então seguimos alguns metros até a casa do 'P' e bebemos, conversamos comemos mendorato...e nos lembramos da aula...eu ri, ai como eu ri... e tive que ser forte para me controlar; ah como tive que ser forte. Mas adivinhem no caminho pra casa, não resisti e mandei uma mensagem...ainda sob efeito do telefonema e do 'arco' né.

E não é que no melhor do meu sonho o celular toca de novo... Quarta feira 04:28 do outro lado da linha, amiga de longa data que voltava de uma private mais louca do que o Tarso Cadore em dias de crise... mas nem fiquei brava, afinal, pessoas sob o efeito do 'arco' costumam ser sinceras ao extremo. Nesse dia consegui voltar a dormi, e o sonho... mudou, mas continuou bom.

A noite, o plano era irmos comer sashimi as 19:00 e voltar pro segundo bloco de aulas... mas... acabamos atrasando pra ir, chegando lá estava uma delícia, e acabamos perdendo um pouco a noção do tempo; mas quer saber valeu a pena. Mas me fez sonhar com o trabalho que temos que fazer; porém o desfecho do sonho foi o melhor possível e me fez acordar sonhando.

E como o celular anda tocando ultimamente, logo cedo a Bru ligou pra confirmar se vamos mesmo pra lá no fim de semana; se tudo continuar caminhando pro lado certo, sim!

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Sobre o tempo e os dias


Sabe quando falta tempo...pra tudo? Então estou nessa fase, ai que hoje todo mundo resolveu me pedir pra resolver tudo pra ontem, e eu...cansei, e resolvi deixar tudo pra daqui a pouco e tirar um tempo pra fazer o que eu gosto, e que há tempos não consigo fazer.

Nesse tempo longe daqui, muita coisa aconteceu... dias de muitas cores e músicas agitadas; e outros poucos, em preto e branco com músicas calmas. Cada dia, com sua importância, e todos com um ponto em comum...um pensamento que mesmo que eu tente, sempre acaba voltando.

Nesses dias afastada, 3 casamentos, 2 noivados, 2 batizados, 1 nascimento - alguns aniversários...a reaproximação com algumas pessoas, novas amizades, amizades antigas...muitas risadas e algumas lágrimas solitárias - hora de emoção, hora de saudade.

Todas essas comemorações me fizeram refletir e celebrar a cada dia o novo dia, e aceitar cada acontecimento da minha vida, porque cada um tem um significado, uma importância e no final, todos tem um motivo - e fazem parte do meu grande quebra cabeça.

E eu...

Ah! Eu sigo na montanha russa, cheia de alto, baixos, viradas repentinas, alguns loopings... oscilando internamente, meus desejos, mas sempre um gritando e me deixando quase surda...eu tento ignorá-lo mas tem horas que o grito é alto demais para não ouvi-lo...sigo assim, meio bossa meio rock...vez por outra toca um mambo, um tango ou um tcha tcha tcha pra variar... até porque eu não sou de um ritmo só...

E quanto ao tempo... dizem que é o Senhor da razão e que sabe fazer as coisas... o que eu sei é que ele anda apertado pra mim. Espero que logo façamos as pazes e ele passe no tempo certo e acerte tudo o que correndo pra não ser atropelada por ele eu baguncei - ou foi ele que bagunçou tentando me alcançar; não sei.

domingo, 20 de setembro de 2009

Sorry!


Bom, acho que quem passa por aqui merece meus pedidos de desculpa.... ando sem tempo pro blogue. Tem muitas coisas que gostaria de ter postado, mas não deu tempo, e o tempo de postá-las passou.

Tem algo martelando em mim para ser escrito, mas sinto que ainda não é a hora, ou ainda não sei como falar sobre o assunto . Talvez passe pra contar de um momento muito legal, e feliz que aconteceu esse mês.

Fato é que estou com saudades de escrever e de acompanhar os blogues amigos. Tentarei colocar tudo em dia hoje... espero conseguir.

Beijos a quem por aqui passa, aos que comentam e aos que só passam. Adoro os comentários, e hoje prometo visitá-los.

domingo, 30 de agosto de 2009

Decepção


Diariamente, as vezes até sem perceber, lidamos com situações e sentimentos diversos; e assim como nós esses sentimentos estão em constante mutação. As vezes alguns desses sentimentos gritam tão alto a ponto de nos deixar com aquele apito chato dentro do ouvido. Essa semana um deles gritou bem alto em mim e me deixou temporariamente sem audição.

#DECEPÇÃO - s.f. Engano, logro, desilusão, desapontamento.

Existem muitas formas de sentir esse sentimento, que pra mim é um dos mais ingratos. Pode ser com aquela roupa que você paquerou um tempão e quando resolveu ir comprar provou e detestou, pode ser com aquela coisa que você sempre quis comer e o dia que experimentou achou horrível, pode ser a decepção com alguém; enfim, existem várias formas de decepção.

No meu caso a decepção foi em relação a uma pessoa. Sabe quando a imagem que você tem de alguém cai por terra? Pois é foi isso que aconteceu, e o que era vidro se quebrou, e mesmo que se cole nunca mais ficará igual.

Na hora o grito foi tão alto que perdi o centro, a vontade foi de ligar e vomitar tudo o que estava se passando na minha cabeça, mas controlada que sou (será!?), apenas mandei uma mensagem, bem sutil por sinal; mas o receptor da mesma tentou se fazer de desentendido e na primeira oportunidade perguntou o que foi a aquela mensagem.

A segunda foi um pouco mais explicita, e com a mesma finalidade, de desabafar o meu desapontamento; mas a pessoa achou que eu estava jogando um verde; então precisei ser um pouco mais clara - e ai a resposta veio ríspida, como já era de se esperar.

Esse meu sentimento não foi gerado pelo ocorrido, não foram as atitudes que me decepcionaram, foi o discurso falso que eu ouvi e acreditei - de saber distinguir as coisas, de saber tomar as atitudes certas nas horas certas e da forma certa; foi pro ver que nem tudo o que eu pensava que fosse de fato era.

O meu modo de agir e pensar não me permite usar da hipocrisia - ainda bem; então se não fizesse o que fiz não conseguiria olhar pra cara da querida pessoa receptora das mensagens acima; que se rebaixou, jogou o tal orgulho fora, e vai se fuder. Mas isso, é assunto pra um post futuro...

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Presentinho

É andei sumida daqui, na verdade até tinha o que postar, mas não estava dando tempo de sentar e escrever com calma do jeito que eu gosto... desculpa amigos pelo abandono inclusive nos blogues que eu gosto e acompanho que não tenho visitado.

Nesse tempo ganhei mais um mimo, esse foi da Liana do Life is a Drag.





A regra é indicar mais 10 blogs e ver se eles cumpriram a regrinha; então vamos aos meus indicados:

.Excesso Intenso.
ABSTRATAS

Blog do KG
Cansada de ser boazinha

Coisas de Fofa
Meu lado contido
Revelar-me

Romance em versos
Sou movida a música

tRaNstoRno muLTipoLaR

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Minha energia move o mundo


Começo de ano todo mundo sempre faz milhares de planos e propostas para o novo ano que se inicia; eu nunca fui muito chegada a essas coisas, mas esse ano tinha uma proposta - e não era emagrecer, nem arrumar um namorado, nem pegar firme nos estudos - minha proposta era ser uma pessoa melhor pra mim mesma a cada novo dia.

Não lembro ao certo onde li ou ouvi todo aquele blá blá blá que todo fim de ano surge de amor, amar, e coisa e tal; mas já fazia tempos que vinha percebendo que somos um espelho, e que recebemos do mundo exatamente o que emitimos.

Foi ai que surgiu a minha proposta de ano novo, minha energia move o mundo, e ele não pode parar, então vamos fazê-lo girar da melhor forma possível; minha proposta consistia basicamente em ser uma pessoa menos fria, menos fechada, menos estressada, e em contra partida tentar sorrir mais, ouvir mais, enfim tentar deixar meus dias mais leves.

Passado mais de 7 meses, resolvi fazer um balanço da minha proposta, pra ver se realmente faço parte das exceções que cumpre as promessas e propostas de ano novo. O resultado? É eu faço parte da minoria, nesse tempo todo, deslizei claro, mas se somar os dias que não contribuí para uma boa rotação do mundo, não dá um mês.

Então pra compensar esses dias, resolvi retomar a campanha e quem sabe conseguir novos adeptos - afinal minha energia sozinha não move o mundo, ele precisa de uma soma de energias, que devem ser superior as energias contrárias. Será que eu viajei?

Faz parte da retomada também um processo de transformação pessoal, que foi impulsionado por dias de muita reflexão e auto conhecimento; e até o fim do mês teremos uma versão repaginada e totalmente atualizada de mim. Não sou muito adepta de datas, mas é que eu não consigo fazer tudo o que quero no mesmo dia, e tem coisas que dependo de serviços de terceiros, então o jeito é fazer uma coisa por semana.

Ah! Não posso deixar de comentar que a estratégia funciona, com os dias e a vida mais leve parece que tudo flui melhor, você ganha nova disposição para fazer as coisas, as pessoas parece que passam a te ver de outra forma; posso garantir que esse ano tem sido o melhor dos últimos tempos.

Vou fazer um convite a você que está lendo minhas loucuras até agora, a sua energia também move o mundo, por que não tenta você também deixar seus dias mais leves? Percebi que todos tem problemas, medos, desejos, se a vida nos prega peças e faz tudo diferente do que planejamos, imaginamos; então por que não pregarmos nós também uma peça nela?

Cada um sabe exatamente a dor e o prazer de ser quem e como é; todos somos livres e temos a cada dia duas alternativas, ter um dia bom e transmitir isso a quem cruzar conosco, ou não; cabe a cada um fazer essa escolha. Eu escolho ser feliz mesmo que isso incomode algumas pessoas.

Nossa felicidade sempre vai incomodar alguém - geralmente quem não nos quer bem; já nossa tristeza vai incomodar além de nós aqueles que nos amam e nos querem bem. Desejo a todos vocês dias repletos de felicidade e que juntos façamos o mundo se mover no eixo certo e na velocidade exata.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Certo e errado


Tem muitas coisas que eu gostaria de postar, mas sei lá, parece que nem tudo cabe bem aqui; e eu ando com o tempo apertado - mas muito mais apertado que meu tempo está meu coração, que diga-se de passagem é um tanto burro e teimoso; creio que ele tenha problemas auditivos, é um tanto rebelde e cisma em fazer as coisas por conta própria. Por se achar muito esperto e no controle da situação, faz o que bem entende sem se preocupar em me ouvir e tão pouco com as consequências de seus atos impulsivos.


Em contra partida meus amados neurônios brincam de racionalizar sobre tudo e todos e guerreiam entre si incansavelmente; me fazendo pensar 24 horas por dia; e entre tantos pensamentos - nem todos tão lúcidos - e de tanto ouvir, ler e pensar sobre o certo e a coisa certa eu fico me perguntando: o que é certo?

Tá cada um tem seus próprios motivos e parâmetros para interpretar o que é certo e errado; nem tudo que é certo pra mim é certo para você e o mesmo se aplica ao conceito de errado, mas num âmbito maior chega-se a alguns padrões. Quando não existe esse consenso e o seu certo não faz sentido para mim, dá-se inicio a um conflito para tentar compreender o que nem sempre é compreensível.

Falando de mim especificamente, tenho crescido horrores com essas guerras internas, quebrei muitos paradigmas, venci muitos medos, superei alguns traumas; mas como nem tudo é lucro, fiquei um pouquinho mais ácida e mais descrente nas pessoas - tá eu já era desconfiada, agora em versão atualizada.

Músicas, poemas, poesias e afins continuam falando por mim e comigo, e num dia nublado e quente decidi que não ia mais correr atrás; e numa noite estrelada lembrei ainda mais - já que não consigo esquecer, e conversei com a noite, e confidenciei as estrelas, e sonhei a noite inteira. O tempo é o senhor da razão e é ele quem mostra o que e quem está certo e errado, então só cabe a mim nesse momento esperar, e seguir pensando e vivendo.

Do mais, continuo me surpreendendo com as pessoas, rebaixando alguns amigos ao posto de colegas, promovendo colegas ao posto de amigos; conversando, compartilhando, ouvindo, falando - uma constante troca de pensamentos, experiências, vitórias e frustrações. A vida é assim mesmo, uma enorme montanha russa cheia de altos e baixos, mas principalmente com muita emoção.

E entre tantas músicas que cabem no meu momento, acho que essa reflete bem esses dias.


"Todos os dias é um vai-e-vem
A vida se repete na estação
Tem gente que chega pra ficar
Tem gente que vai pra nunca mais
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai e quer ficar
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar
E assim, chegar e partir."


quarta-feira, 29 de julho de 2009

Nos hits dos dias


Meus pensamentos andam um tanto misturados e desconexos esses dias; e me assusta não saber nomear o que eu sinto - mas assusta mais ainda saber que eu sinto, e que isso independe da minha vontade.

Poderia parar o post por aqui, mas os fatos tem comprovado as minhas suspeitas, eu sei que estou certa e a cada dia tenho mais certeza disso; agora continuo sem entender o por quê? Não o por que pessoal da questão, mas o por que da situação em si - entende? 

Logo eu, que sempre fui tão contestadora, e que sempre quis respostas imediatas, tenho que aprender a ter paciência e com calma descobri-las por mim mesma; afinal como postei no twitter: a paciência é diretamente proporcional ao propósito, e se você realmente quer e sabe o que quer, você tem paciência.

Bom seria se todos os meus problemas se resumissem as minha intermináveis perguntas, estaria tudo fácil, mas infelizmente a realidade é outra e eu tenho muitas outras coisas pra pensar e me preocupar.

Os dias tem passado sem que eu os veja e sem me dar conta já se foi mais um mês; mas nem tudo são pedras, também há flores nesse meu caminho, e a noite ainda contemplo as estrelas que silenciosas me confidenciam segredos - na verdade é sempre uma ótima troca.

E são fatos como esses que tem ocorrido que não me deixam desanimar, que não me deixam explodir e que aliviam um pouco a carga dos meus dias; sem perceber as pessoas surgem e ressurgem e fazem toda a diferença; porque eu sou dessas que sabe dar valor principalmente as pequenas coisas.

E na dança das horas, vou no embalo do hit do momento alternando as vezes em um mesmo dia vários estilos; Rock, Bossa, Jazz, Punk, House, ..., Blues e Soul; a playlist da vida é mais imprevisível e eclética do eu - e assim meus dias vão passando e as coisas vão acontecendo e eu vou achando as minhas resposta e descobrindo novas perguntas em mim.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Quebra cabeça


E a vida segue nos pregando peças, e se como isso não fosse suficiente a nossa mente também. A semana está corrida, cheia de coisas da loja pra resolver, e ainda assim as vezes o pensamento vai longe.

Pelo menos não arranquei a casquinha do machucado e ele está cicatrizando, quem diria que Drummond seria o grande responsável por isso. Mas como a vida me adora, tinha que me dar mais coisas pra pensar.

O grande problema em se colocar no lugar do outro em todas as situações e de procurar não fazer o que não gostaria que fizessem com você é que as coisas demoram mais para serem resolvidas; você passa a ponderar mais as palavras e as atitudes.

Quando você está vivendo a mesma situação nos dois pólos ao mesmo tempo a coisa complica um pouco mais; o que deveria ter deixar mega feliz te deixa confusa, não com relação ao que sente, mas no que diz respeito aos outros envolvidos - todo cuidado é pouco quando tratamos de sentimentos.

Acho que ninguém gosta de sofrer, nem de ser iludido, por isso procuro não fazer isso com ninguém - mesmo que as vezes doa ser franca. Ai eu me vejo nos dois pólos e penso nas atitudes que eu gostaria que tivessem comigo em um, e penso o que eu realmente posso fazer no outro.

Não sei se tomei a atitude mais certa, creio que sim, poderia deixar tudo em banho maria, mas ai não seria eu, então fui sincera e como resposta tive o mesmo e isso foi ótimo, eu comprovei que uma pessoa de caráter é incorruptível, e que essa é a maior virtude que uma pessoa pode ter.

O fato é que estou em uma parte do quebra cabeça com muitas peças parecidas, está complicado de montar, mas no final tudo dá certo - como diz a Ro, se não deu certo é porque ainda não chegou no fim.

Nem sei o porque estou escrevendo tudo isso, na verdade eu sei, precisava desabafar e aqui é onde o faço melhor; ficar falando sozinha não é algo muito normal - mas quem disse que eu sou normal? É mais isso é assunto pra um outro post.

domingo, 12 de julho de 2009

Muito Pouco


Tenho o costume de deixar minhas playlist tocando no aleatório, adoro a salada que vira, exceto naqueles dias que você acorda com vontade de ouvir algo específico - difícilmente uma música se repete, e hoje por incrível que pareça, uma música tocou 3 vezes uma em cada lugar; me deu vontade de postar ela.

A música dá nome ao post Muito Pouco e faz parte do álbum Samba Meu da Maria Rita; das pessoas do meu convívio diário, ninguém gosta, eu não tô nem ai, quem tem que gostar sou eu. Espero que gostem, mas se não gostarem também, paciência, eu não gosto de tanta coisa.

Acho uma música um tanto interessante, cada um pode interpretar de uma forma, mas eu a escuto de uma maneira muito particular... me identifico com ela, e acho que tem muita verdade em suas linha e entrelinhas; adoro a crescente das batidas, o jeito como a música se desenvolve.

Pronto
Agora que voltou tudo ao normal
Talvez você consiga ser menos rei
E um pouco mais real
Esqueça
As horas nunca andam para trás
Todo dia é dia de aprender um pouco
Do muito que a vida traz.

Mas muito pra mim é tão pouco
E pouco é um pouco demais
Viver tá me deixando louca
Não sei mais do que sou capaz
Gritando pra não ficar rouca
Em guerra lutando por paz
Muito pra mim é tão pouco
E pouco eu não quero mais

Chega!
Não me condene pelo seu penar
Pesos e medidas não servem
Pra ninguém poder nos comparar
Porque
Eu não pertenço ao mesmo lugar
Em que você se afunda tão raso
Não dá nem pra tentar te salvar

Porque muito pra mim é tão pouco
E pouco é um pouco demais
Viver tá me deixando louca
Não sei mais do que sou capaz
Gritando pra não ficar rouca
Em guerra lutando por paz
Muito pra mim é tão pouco
E pouco eu não quero ...

...veja
A qualidade está inferior
E não é a quantidade que faz
A estrutura de um grande amor
Simplesmente seja
O que você julgar ser o melhor
Mas lembre-se que tudo que começa com muito
Pode acabar muito pior

E muito pra mim é tão pouco
E pouco é um pouco demais
Viver tá me deixando louca
Não sei mais do que sou capaz
Gritando pra não ficar rouca
Em guerra lutando por paz
Muito pra mim é tão pouco
E pouco eu não quero mais
Pouco eu não quero mais.
Pouco eu não quero mais.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Mais um capítulo


Mas um capítulo foi concluído, e a história segue, vamos ver o que a vida nos revela para o próximo, quais os personagens que se repetirão, quais ficarão de fora, quais entrarão na trama.

E chega um dia que você acorda bem, e que consegue não lembrar até que vê a plaquinha do msn levantar, e que consegue resistir e não mandar o bom dia que até agora estava preso na ponta dos meus dedos.

Não tenho certeza se isso é o certo, se é o melhor a ser feito agora, assim como também não sei se tudo o que ouvi foi verdade - mas se não foi, quem mentiu ou omitiu não fui eu, esse peso eu jamais carregarei.

E o sol brilha, e as pessoas seguem suas vidas, e eu? Eu estou seguindo a minha, da melhor forma possível, e nisso tudo reconheci novos amigos e confirmei velhos - que mesmo distantes se fazem sempre presentes.

Tudo é aprendizado, e eu adoro aprender - e eu gostaria de usar a frase da Kel aqui, mas seria deselegante da minha parte, então vamos levando sem ressentimentos, e sendo amigos, porque é isso o que realmente conta na nossa vida.

Na verdade ia terminar esse post de outra forma, mas achei melhor mudar, vou finalizar agradecendo, por cada momento por cada palavra, por cada gesto, de todos os personagens desse capítulo do meu livro.

Post dedicado a todos os personagens desse capítulo, de todos os núcleos da novela, aos atores principais, coadjuvantes e figurante; todos foram fundamentais. Obrigada.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Qual a sensação



Bom dia!

Cada um vê a imagem acima de uma forma, qual a sensação que ela te dá??? Creio que me ilustra hoje.Vamos tentar começar a semana bem, pretendo no máximo até amanhã postar os mimos que ganhei por aqui.

Nem vou escrever muito hoje, minha mente criativa está meio adormecia e cheia de questionamentos - engraçado é que quando agente tem certeza das coisas alguns fatores fundamentais mudam por inteiro; o grande problema é que minhas certezas não mudaram junto.

E que o sol que veio forte nessa manhã mantenha o músculo descongelado - pelo menos até que lá dentro ele ainda esteja aquecido, e ele tenha certeza de que não deve voltar ao freezer, e que cada um possa ser feliz por sua própria vida e aceite a felicidade dos outros. Não se incomode tanto com a felicidade alheia, ao invés disso, busque a sua própria felicidade.

Beijos a todos que passam por aqui, e obrigada pela visita.

sábado, 27 de junho de 2009

Isso também passa


Todos os dias milhares de pensamentos dos mais diversos possíveis passam pela minha mente, sempre acompanhados de alguma música - que nem sempre é boa; hoje um desses pensamentos voltou em uma conversa e parando pra pensar percebi que ele sempre está presente.

A velha máxima do sábio monge - ISSO TAMBÉM PASSA

Momentos de extrema alegria - passam; de profunda dor - também passam; preocupações, doenças, conquistas, festas, turmas - isso tudo passa. E não que isso seja ruim, muito pelo contrário, a vida deve ser cheia de momentos; e é formada por todos esses contrastes.

O que não podemos é nos deixar abater pelas tristeza, nem tão pouco nos iludir com as alegrias; devemos ter sempre a certeza de que tudo passa, de que momentos ruins nos fazem fortes, e os bons nos fazem gratos.

Ninguém chega a lugar algum sem esforço, e para a vida ter sentido e valor, tudo deve ser feito com verdade. Por isso que a cada dia que passa eu dou mais valor as pequenas coisa, porque são elas que realmente fazem toda a diferença.

Estou aprendendo a abstrair o que não me faz bem; cheguei a conclusão de que quem cuida da minha vida é porque não tem capacidade de viver a sua própria e no fundo isso me deixa triste, pois viver a vida alheia é não viver; é como assistir a uma novela, ser um eterno expectador. Não deixe que coisas pequenas te chateiem, é isso que alguns espectadores querem, está em suas mão deixar isso acontecer ou não.

Ps:. Não importa qual fase você está agora, lembre-se que isso também passa!
Ps2:. Dedicado a Intense e a boazinha que o inspiraram.

domingo, 21 de junho de 2009

Travessia


Tenho pensado demais em muitas coisas diferentes esses dias, alguns problemas sérios se resolveram sozinhos, enquanto outros sem fundamentos surgiram; mas ontem ouvindo e refletindo sobre o que ouvi surgiu um novo pensamento.

Durante nossa vida, muitas vezes atravessamos o mar, de um porto à outro, e o caminho nunca é sempre fácil, sempre terão dias de tormentas e fortes ventos, e são eles que fazem um bom marujo. A calmaria não ensina ninguém a navegar.

Mas o importante é ter a certeza de chegar ao destino, e absorver as novas lições, e saber que nada acontece por acaso; cada pessoa analisa o mesmo fato de maneiras diferentes, de acordo com as suas próprias experiência e muitas vezes se esquecem que as pessoas são diferentes umas das outras.

O importante é ser sempre verdadeiro, com os outros mas principalmente consigo; porque não tem nada melhor do que deitar a noite e dormir tranquilamente. Que os fortes ventos desses dias não desvie a minha nau da rota, e que cada um preocupe-se mais com a sua rota e menos com a minha.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Política de privacidade


Teria tanta coisa para postar aqui, mas nem tudo convém; dos últimos acontecimentos das cartas desses dias, da minha insônia ou da gastrite que voltou a me visitar, mas não quero fazer do blog muro das lamentações.

Então resolvi postar uma decisão que tomei a pouco; estou a partir de agora adotando uma nova política de privacidade, muita gente que eu nem imaginava acompanhando a minha novela mexicana.

Cansei, todo mundo uma hora cansa, chaga de acreditar na boa intenção dos outro, afinal como diz a Poia, de boa intenção o inferno está cheio. A partir de hoje, vai ser assim, só os atores saberão o roteiro, a novela não está sendo gravada.

E não venham falar que estou áspera, ácida ou coisas do tipo, apenas cansei, e como o blog é um lugar meu, que eu falo o que eu quero do jeito que eu quero, eu desabafo do jeito que melhor me convém e quem não gostou que não leia.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Das cores do dia


Bom estava meio sem tempo pra passar por aqui e senti uma falta danada. O fato é que nesses últimos dias muitas coisas aconteceram - pequenos contra tempos, novas pessoas, provas, trabalhos, lojas, festa... Ganhei novos selos, novos leitores, tinha um post em mente mas que já foi escrito então achei melhor deixar pra uma próxima ocasião.

Exercitei bastante minha paciência e estou progredindo nesse sentido, as opiniões alheias já não fazem diferença pra mim e a cada dia estou mais segura das coisas que faço - mesmo porque fazer as coisas sem certeza nunca combinou comigo.

Os dias frios de outono não estão tão frios assim, e esse mix de coisas tem feito meus dias passarem rápido, e essa minha felicidade tem feito eles serem mais leves, e essa falta que eu sinto vai me dando certezas, e as cores vão surgindo e o que era preto, branco e tons pastéis vai se intensificando e páginas mais vibrantes e coloridas vão surgindo.

Bom essa semana tem um feriadinho - que eu já estava sentindo falta, mas pra variar ainda não sei o que vou fazer, pessoas indecisas atrapalham minha programação; mas se não for viajar vou viajar... e que os dias continuem coloridos, e que as minhas cores respingue em quem passar perto de mim para que suas páginas fiquem um pouco mais coloridas.

Logo eu volto postando meus presentinho... Bjs

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Sonhos interrompido II


E essa semana eu descobri o porque dos sonhos serem interrompido na melhor parte... é para não estragar as surpresas quando ele estiver acontecendo.

Foi estranho, as roupas eram as mesmas do sonho, e esse detalhe me chamou a atenção de cara; o horário não batia nem o local físico, porém o geológico sim. E conforme eu lembrava e ia pensando as coisas iam acontecendo, como seu eu tivesse voltado ao sonho - só que em outro horário.

E tudo foi acontecendo como tinha que ser (ou não!?), até que em um determinado momento achei que o sonho havia sido interrompido pois não gostaria do fim, e seria melhor ficar com a lembrança do sorriso.

Mesmo assim a conversa continuou, e percebi que de fato havia sido mal interpretada; porém, estava quase deixando pra lá - pensando que se estava acontecendo dessa maneira, era porque deveria ser.

Mas um sonho interrompido não pode terminar dessa forma... então depois de mais algumas palavras trocadas, e de uma pergunta com a resposta incerta; foi que o desfecho se deu. E na despedida de quem queria continuar ali, o inevitável aconteceu - e foi bom, e a meia luz ajudou a esconder a timidez; e a despedida estendeu-se e desejou-se parar o tempo e eternizou o momento.

Porque sonho interrompido é assim, uma coisa boa sem explicação e que chega a dar medo por não saber como terminarão. E seu sorriso ainda está aqui, mas agora tenho muito mais do que isso pra lembrar...

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Paciência tem limites


Tem gente que segue a máxima "A vida é um grande espetáculo" ao pé da letra. Fico inconformada com a facilidade que certas pessoas tem de encarnar um personagem e sair atuando sem medir a consequência dos seus atos; que muitas vezes prejudica muito mais o ator do que o espectador.

Estou em uma fase boa, com coisas boas acontecendo; só que sempre tem alguém disposto a atrapalhar e estragar tudo - mas como minha máxima ultimamente tem sido "minha energia move o mundo" e quero que ele continue se movendo tenho deixado muita coisa pra lá.

Porém... um dia a coisa explode, e hoje foi o dia fatídico em que explodi; a consequência: a volta com força total da minha gastrite... e ai eu me perguntei e me perguntaram: Será que vale a pena tudo isso??? E depois de uma tarde inteira pensando e depois de ter tomado o remédio horrível da gastrite eu respondo NÃO!

O grande problema é que nem a pessoa mais serena da face da terra ficaria calma frente a tal teatro, porque logo eu que nunca fui serena não me irritaria??? Eu perco a cabeça mesmo vendo essas coisas ainda mais se acontecem comigo ou com alguém próximo á mim.

Paciência tem limites e a minha acabou hoje; agora o que eu quero é que a 'Palhaça Dolores' vá atuar em outro picadeiro; porém o dono do circo acha que isso pode mudar... ai eu pergunto: quem é mais palhaço???

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Em boa companhia


Hoje me perguntaram: "E ai, o que você fez no fim de semana?" e eu disse ri muito... A pessoa não satisfeita perguntou onde eu tinha ido, e eu disse que à lugar nenhum. Ela fez uma cara de paisagem e me falou que foi em 2 festas, e começou a reclamar das 2.

Ai fiquei me perguntando, qual a vantagem de sair e não se divertir??? Falar para os outros que saiu e é bem relacionado; tentar mostrar para os outros ser quem não é, vivendo um personagem???

Pra mim, o que conta é a companhia e não o lugar, eu acho que o que faz um bom momento não é o lugar mas sim as pessoas, as conversas... claro que sair e conversar pessoalmente tomando alguma coisa, olhando nos olhos é muito melhor do que o msn, mas quando não tem como ser pessoalmente o computador é um aliado e tanto.

E não sai, mas me diverti de verdade, joguei conversa fora, tive outras bem interessantes, me decifrei mais um pouquinho, descobri um pouco mais de quem conversei. No meu humilde ponto de vista, isso conta muito mais do que ir a uma festa cheia de pessoas que você não gosta só para não ficar em casa.

Fora o tanto que eu ri da Gorda... " que que você tá falando heim???" rsrs

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Permita que eu prove


Fui fazer minha primeira visita ao Meu lado contido da Tyna, e qual não foi a minha surpresa ao ler logo na primeira frase do post algo que eu estou pensando...

Que gosto tem seu beijo? Permita que eu prove?

Esse é o início do post Ei! Me diz, que tem muito do que eu quero, do que eu penso - mais meus pudores e minhas opções nem sempre tão acertadas quanto eu penso que são muitas vezes me impedem de pelo menos fazer essa pergunta; são meus medos me impedindo de agir mais uma vez...

É eu sei, sou confusa, eu já sabia disso... mas será que existe alguém que não seja pelo menos um pouco e que enxergando isso seja capaz de aceitar as minhas confusões??? A vida é mesmo muito engraçada, do nada muda tudo e ai você fica ainda mais assim, sem saber o que fazer, o que dizer e como agir.

Tenho medo de estragar algo que pode vir ser bacana (gíria idosa) espero que não... torço para que de tudo certo e que eu descubra a resposta dessa pergunta e de outra tantas que me passam pela mente.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Sonhos interrompidos


Tem dias que seria melhor não me lembrar o que sonhei, pelo menos eu não ficaria tão dispersa.

O telefone tocou e me acordou no melhor do sonho, e agora aquele seu sorriso não me sai da memória - por que ninguém nem nada nunca te acorda quando está tendo um pesadelo???

Eu tentei voltar pro sonho, deitei na mesma posição, mais só conseguia lembrar do seu sorriso, e só e foi assim que meu sonho terminou; sem fim, no meio de uma conversa e com seu sorriso mais gostoso - mas eu adoraria saber como iria terminar...

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Do que ainda quero fazer

Como já tinha falado ganhei um selo da Yasha, e esse me deu trabalho - como é difícil definir coisas que ainda quer fazer... porque são muitas e de repente você nem sabe o que escolher; e como se não fosse o bastante ainda tenho que escolher 8 blogueiros para repassar o selo...rs

Bom as regras são:
1 - A pessoa selecionada deve fazer uma lista com oito coisas que gostaria de fazer antes de morrer.
2 - É necessário que se faça uma postagem relacionando estas oito coisas e é necessário que a pessoa explique as regras do jogo.
3 - Ao finalizar, devemos convidar oito parceiros de blog.
4 - Deixar um comentário para quem nos convidou.






- Conhecer o Brasil, do Oiapoque ao Chuí;
- Conhecer a Europa (sua história me encanta);
- Cumprir minha promessa e levar a 'Gorda' pra Disney;
- Cursar Direito;
- Estudar sobre a história moderna do Mundo;
- Fazer uma viagem de cruzeiro;
- Aprender a tocar algum instrumento barulhento (adoro bateria);
- Encontrar uma pessoa bacana que me aceite como sou, e que realize uma boa parte dessa lista comigo... rs


Nossa, nunca pensei que seria tão difícil definir 8 coisas que eu ainda quero fazer... agora passarei essa missão para os blogs:
Abstrata
Alice, desce do lustre!
Calcinhas no Box
Coisas de Fofa
Cansada de ser boazinha
Romance em versos
Sou movida a música
Transtorno multipolar


Beijão e boa semana a todos.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Dos últimos dias



Dos últimos dias que vivi posso contar muita coisa; muita mesmo, e ai ia ficar chato. Então serei breve porque meu tempo está curto... rs

Na última semana muita coisa aconteceu, novos amigos, reencontro com velhos amigos, muita risada, reconciliações, histórias em comum, histórias surpreendentes, pontos de divergência, quebra de barreiras, apostas sem ganhadores, reunião em família, novo prêmio na blogosfera ... foi uma semana intensa.


Adorei cada momento, cada detalhe, e posso dizer com toda certeza que a cada dia vejo mais cores, escuto mais sons, transmito mais coisas boas, e a recebo em dobro - porque é assim que a vida tem que ser.

O prêmio eu ganhei da Crystal que assim como eu é movida á boa música e é inexperiente no assunto blog... rs - ele é dado ao blog que tem alguma das sensações da cor violeta.
São algumas delas: magia, encantamento, graciosidade, magnetismo, e tudo aquilo que parece mágico!

As regras são:
* Exibir o selo "Violeta" no seu blog com as regras.
*Indicar quantos blogs você quiser, que você considera violeta.
* Avisar os indicados. Não se esqueça disso!
* Escreva dois poderes mágicos que você já imaginou ter e ficou horas planejando o que ia fazer se tivesse eles.




Dos poderes que não tenho, mais adoraria ter:
*Enxergar as pessoas por dentro: Seria muito mais fácil de confiar... ainda mais pra mim que sou super desconfiada....rs
*Ler pensamentos: acho que muita gente gostaria, mesmo sabendo que ouviria muita coisa que não ia gostar muito...

Tem outros poderes que gostaria de ter, mais como só pede dois, quem sabe um dia eu não faço um post sobre isso.... rs

Meus premiados:

Beijos e boa semana a todos que passarem por aqui.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Estranha no ninho


Hoje no twitter a Boazinha fez um comentário que me inspirou a escrever esse post; ela disse: "Sinto-me uma estranha no ninho: a maioria do pessoal que tem blog ou é publicitário ou da área de informativa!!" também me sinto assim, mas mesmo sendo uma estranha no ninho me sinto bem.

Comecei o blog a pouco tempo e sem pretensões, porque acompanhava vários e me deu vontade de ter um blog pra chamar de meu - mesmo não tendo a menor noção de como fazer um. E quando eu recebi o primeiro comentário fiquei super feliz por saber que alguém além de mim entrava aqui, e fiquei ainda mais feliz quando recebi meu primeiro prêmio, sem contar na surpresa ao ver meu primeiro seguidor, e a cada dia fico um tempão arquitetando o que escrever aqui, porque sempre tem algo a ser escrito, mais como não sei fazer mágica com as palavras, como alguns que gosto e acompanho, perco um tempão em cada post que escrevo; começo e apago mil vezes, e a cada dia quero melhorar, porque sei que já não sou apenas eu que entra aqui.

Através do blog, já comecei a fazer novas amizades, e espero fazer muitas outras e fortalecer as que estão começando, e espero poder melhorar a cada dia e aprender um pouco mais com os blogs que acompanho. Aliás, acompanhar os blogs tem me feito uma pessoa melhor, alguns me fazem refletir, outros são um reflexo de mim - as vezes até me assunto como outro alguém pode ser tão parecido comigo, alguns me fazem rir sozinha, enquanto outros me fazem viajar.

O blog tem sido uma escola, que eu estou adorando frequentar; e a cada dia aprendo alguma coisa diferente -algumas vezes relevante, outras nem tanto; e vejo pessoas tão iguais e tão diferentes se relacionando, tão distantes e tão próximas que as vezes chego a me assustar.

E é essa mágica, essa quebra de barreiras, que me faz gostar cada vez mais disso tudo. Espero que tenha conseguido capturar a essência do que pretendia - assim como espero continuar escrevendo e lendo e aprendendo e conhecendo pessoas e adquirindo conhecimento e experiências e colecionado histórias...

Bjsss a todos que em algum momento passou ou passará por aqui.

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Prêmio

Ai, ai... não sei nem como começo esse post... bom,  eu ganhei meu primeiro prêmio aqui no blog da Jean do Transtorno multipolar; e fiquei muito surpresa e feliz com isso.
Ta certo que eu demorei um pouquinho pra repassar, mas é por pura inexperiência no assunto... ¬¬



Com o Prêmio Dardos se reconhece os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras.
Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor a Web.

As regras são:
1) Exiba a imagem do selo;
2) Linkar o blog pelo qual você recebeu a indicação;
3) Escolher outros 15 blogs a quem entregar o Prêmio Dardos;
4) Avisá-los claro!

Bom 15 blogs ainda é um número muito expressivo para mim, então vou repassá-lo para:
Blog é para fracos
Cansada de ser boazinha
Presente a limpo
Romance em versos
Sou movida a música

terça-feira, 5 de maio de 2009

Costumes



Há 5 anos me mudei para o interior de São Paulo, e devo admitir que ainda não me acostumei com certas coisas, mais que me divirto muito com isso eu não posso negar; aqui as pessoas tem o costume de desfilar com roupas de sair a noite para ir no mercado, na padaria, etc.

Eu faço o tipo bem básica e por esse motivo muitas vezes sou medida de cima em baixo, mas nem ligo, eu gosto mesmo é de calça jeans uma blusinha e tenis pro dia a dia; mais claro que adoro me arrumar quando vou sair, e ai é que está o ' X ' da questão; porque o impacto é maior.

Me divirto com a feição de raiva das 'coleguinhas' que vivem de aparência mais que não conseguem chamar a atenção de ninguém - não por serem feias, mais por serem fúteis e cansativas; e que se mordem quando até quem não deveria comenta sobre você e acerta de primeira o perfume nada comum que você está usando.

Amo muito tudo isso, e é por essas e outras que eu sou mais eu, e que tô pouco me importando se os falidos da cidade gostam de mostrar ser quem não são; eu não preciso mostrar nada pra ninguém, e como já dizia Lulu Santos "... o que eu ganho e o que eu perco ninguém precisa saber..." - é muito bom ser quem eu sou e como sou.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Novo vizinho




Uma das vantagens da vida no interior é o clima, o ar puro, e desde ontem tenho um vizinho muito incomun - um tucano. É lindo e surpreendente vê-lo voar aqui tão perto, hoje ele já passou duas vezes aqui na frente.

De fato, é um privilégio trabalhar aqui, tendo essa vista tão gostosa; trabalhar olhando para a natureza não é pra qualquer um; vou tentar tirar uma foto dele, mais enquanto não consigo, vou colocar uma da vista que tenho daqui.



Ta escura, mais tá valendo a intenção.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Off -Road

Nossa, fazia tempo que não tirava um domingo inteiro pra curtir; ontem teve encontro off-road aqui perto e fui com meu pai e meu irmão, apesar de estar quebrada hoje, foi uma delicia, conseguimos fazer a trilha completa, o evento estava bem organizado e todos - tanto os participantes como os organizadores - mostraram mais uma vez que companheirismo é a 'alma' do negócio...rs

Apesar da trilha se chamar "trilha do carrapato" e de ter várias placas dizendo que naquele ponto havia infestação de carrapato, não pegamos nenhum não, nem o pessoal que foi com agente.

O saldo do domingo foi - a marca da roupa (porque tava muuuutio sol), um roxo imenso na perna, o corpo dolorido, muitas mais muitas risadas e histórias pra contar... sem contar o tempo em família, são momentos como esses que nos aproximam ainda mais e me fazem ver o qual feliz eu sou por te-los em minha vida.


Foto da entrada da trilha.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Obrigada


No corre  corre do dia-a-dia, muitas vezes deixamos passa despercebidos os mais significativos detalhes, e entre tantos encontros e desencontros, quase que te deixei escapar. No meu discurso decidido, você enxerga como ninguém minhas inseguranças, e foi capaz de me mostrar com sutileza, e muito carinho que eu não me bastava; e por isso e muitas outras coisa hoje eu consigo ver que me faz muito bem, e te digo OBRIGADA!

Você sabe como ninguém se fazer ouvir e ser entendido, mesmo sem dizer muita coisa, deixa que as músicas, os textos, poemas e citações falem por você... de tudo que já ouvi de ti sem que tivesse me dito nada, uma das coisas que mais me marcou foi - "Você deixou saudade do pouco que conheci e do muito que desejei conhecer". Mesmo tendo passado tanto tempo ao meu lado, e foi ai que percebi que de fato pouco me conhecias e foi a partir dai que tudo começou a mudar.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Feriado


Bom o tempo off foi graças aos feriados, e eu como boa brasileira que sou adoro e aproveito todos. Ainda não contei aqui mais devo admitir que apesar de ser eclética musicalmente falando, eu não sou lá muito fã de sertanejo; o fato é que morando no interior fica um pouco mais difícil fugir desse genero musical. E não é que nesse feriado ia ter rodeio na cidade vizinha... e eu que não sou dessas que dispensa festa fácil resolvi encarar - mesmo porque já havia ido no ano passado, e tirando o barro até que foi bom.
O rodeio começou na quinta feira e eu não fui no primeiro dia, nunca tinha ouvido sequer falar dos cantores que se apresentariam naquela noite, combinei então de ir na sexta, o show seria do Jorge e Mateus, conhecia uma única música mais mesmo assim fui, e ainda bem que eu fui, ri muito conheci gente bacana e bonita e fiz algo que á algum tempo não fazia - virei a noite, de lá voltei direto pra loja, só passei em casa pra tomar um banho e trocar de roupa.
Sábadão, trabalhei feito louca, fui na facul, e a noite adivinha, tava indo num churrasco, quando minha prima me liga e me convence de ir pro rodeio de novo, ia ter a gravação de uma parte do Dvd do Fernando e Sorocaba - o da Bala de Prata; pois é eu fui e não é que só conhecia essa musica, mesmo assim, o show foi bom, tava bombando de gente bonita, o frio ajudou nos figurinos... as horas passaram eu não percebi e quando vi, só dava tempo de tomar um banho e um café antes de abrir a loja - ainda bem que de domingo fica aberta só até as 13:00.

A essa altura eu só conseguia pensar na minha cama, mas não é que tiveram a feliz ideia de ir almoçar no pesqueiro.... é muito gostoso mas demora demais; tudo bem né, eu não ia estragar o feriado por isso, 15:30 consegui sair de lá, e depois de almoçar fiquei com mais sono ainda, mais de 56 horas sem dormir; então consegui entrar no meu amado quarto e descansar até as 18:45 quando o celular começou a esguelar na minha orelha.

Era meu amado irmão da casa de um amigo dele pedindo para que eu os levasse no rodeio, ia ter show do NxZero - vamos combinar que tem tudo a ver com rodeio né.... e eu fiquei com dó de negar; e lá fui eu pro rodeio outra vez, só que nesse dia, eu me senti uma idosa, a média de idade do local era de 16 anos, fora o tanto de gente estranha. No domingo voltamos um pouco mais cedo, então não estava tão cansada na segunda.

Segundona, véspera de feriado e final do rodeio, estava eu feliz e contente na loja, quando as meninas da facul chegaram e fizeram a proposta tentadora, ai pensei - ultimo dia, vai tá lotado, elas falaram que o show era animado - tudo combinado, lá fomos nós de novo, no caminho uma luta pra encontrar um caixa eletrônico funcionando, depois de muita luta conseguimos, o rodeio tinha atrasado, mas isso não foi problema, mais tempo para conhecermos gente nova - ultimo dia, ninguém quer perder nada... 1:20 começa o show, - João Neto e Frederico e seu famoso '...mais pega fooooogo o cabaré...' - tenho que admitir que gostei, aproveitei demais.

E o feriado não acabou ai, viemos embora e na estrada 3 acidentes, nenhum muito grave só grandes perdas materiais, chegamos aqui por volta das 5:00 e eu tinha que abrir a loja as 8:00, então fiquei na casa das meninas mesmo, dei uma dormidinha até as 7:30 e fui pra casa troca de roupa - feriado assim como de domingo agente só abre até as 13:00 então pensei que conseguiria dormir de tarde; ledo engano, a Poia chamo agente pra almoçar na casa dela, e lá fomos nós, tava uma delicia só que meu sono me chamava, resisti até as 16 e poquinho, ai fui embora e me entreguei como nunca a minha cama, que estava uma delicia.

Ontem paguei os meus pecados, acordei cedinho, e fui pro laboratório fazer o exame da tal curva glicêmica... tive que ficar tirando sangue de meia em meia hora, tomar um suco doce que até raspava a garganta sem contar na dificuldade básica de achar a minha veia a cada coleta... O saldo do feriado tirando que meu braço ta parecendo uma peneira até que é bem positivo... e que venha o próximo semana que vem.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Happy day


O dia começou cedo.... 5:43 para ser mais exata e de uma maneira não tão convencional para mim; com o celular esguelando na minha orelha. Era o Loiro que não conseguia dormir e precisava conversar, estava ansioso com a apresentação - afinal, seu futuro profissional dependia dela; apresentou-a para mim novamente e sempre pedindo minha opinião pela milhonésima vez... a conversa foi longa tenho dó dele na hora que chegar a conta...

Desejei-lhe boa sorte, mesmo sabendo que não precisaria contar com ela; mesmo a distância ajudei-o na escolha da roupa, foi com minha gravata preferida... fiquei ansiosa pelo resto do dia até que por volta das 14:30 ele me ligou, e como previa correu tudo bem.

Cumplicidade e companheirismo não tem distância, mesmo com sono cumpri meu papel e o apoiei como tenho feito desde o começo; sei que não precisa, mais que você gosta e diz que é isso que faz a diferença, então BOA SORTE!!! Estarei sempre aqui para deseja-la não importa a hora.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

30horas



Dia cheio, com mil coisas para fazer; e não é que justo hoje eu fico a deriva da boa vontade alheia...
O vidraceiro combinou de começar o serviço as 8:30 - a moça da vidraçaria me ligou as 8:45 para falar que só iriam depois do almoço, me empatou até as 13:00.
O serralheiro pediu para ligar pela manhã e esse pelo menos foi pontual, e disse que iria depois das 13:00, esse pelo menos sabem que assim como ele eu tenho muito à fazer.
A audiência no Fórum estava marcada para as 13:00 - intimação coletiva - começaram a chamar o pessoal as 14:00, eu fui chamada as 15:10 e não resolveu absolutamente nada
Isso sem contar no exame que ficou para amanhã, o banco que a Poia que foi, e meus estudos que viraram lenda e vão ficar para a próxima prova, porque essa eu já me f***...

terça-feira, 14 de abril de 2009

Be Happy


O dia amanheceu chuvoso, mais eu acordei ensolarada; e para onde quer que eu olhe consigo enxergar um arco-íris... é eu sou um contraste constante, um ser mutante; tem quem me intitule inconstante, mas não creio que de fato seja, prefiro a mutação como forma de evolução. Sabe Darwin, evoluindo pra sobreviver...rs

Talvez seja o resultado de um pouco de conversa jogada fora, um pouco de reconhecimento quando não se espera, e muitas, mais muitas risadas... é eu tenho que admitir, eu sou feliz; e não é de hoje que minha felicidade incomoda muita gente, e isso me faz rir ainda mais....

As pequenas coisa são capazes de me encantar, e de pequenos encantos me preencho para ter mais um dia pleno, transmitindo coisas boas às pessoas e recebendo muito mais delas, mesmo sem que percebam, porque essa é a Lei da vida, tudo que vai volta...

domingo, 12 de abril de 2009

Defeito


Dos defeitos que tenho, posso citar um que muitas vezes me incomoda e me corrói por dentro em alguns momentos; falo de minha dificuldade em pedir desculpas...

Essa semana aproveitei uma data especial para superar essa minha dificuldade; foi aniversário de uma pessoa que é muito querida por mim - que foi muito mais do que uma colega de estágio, e que desde seu casamento não nos falamos, creio eu que ela ficou chateada comigo por eu não ter comparecido; mesmo sendo apenas uma suposição, resolvi me abrir e me desculpar por te-la magoado, mesmo sem saber como de fato a magoei.

Agora me corrói mais a espera por uma resposta se é que ela vem, do que a culpa de ter feito não sei o que e não ter pedido desculpas para uma pessoa que eu tanto gosto, e que muito sinto pelo afastamento.

Mesmo assim, desejo do fundo do meu ser muita luz em seu caminho, e que tudo se resolva da melhor maneira. Só queria deixar registrado para não ter dúvidas lá na frente de que eu tentei e que eu consegui superar meu defeito, espero que você consiga superar o seu também.

terça-feira, 7 de abril de 2009

Quanto vale seu esforço?


Não é de hoje que me faço essa pergunta, e por mais que eu me esforce, sempre vai ter alguém achando que eu faço de menos e alguém que acha que eu faço de mais. No fundo, tem horas que me sinto de fato sobrecarregada, mas quem é que consegue as coisas sem esforço?

Eu fiz as minhas escolhas, e tenho que assumir os ricos que elas podem me trazer, sei o tamanho da responsabilidade que eu chamei pra mim, e agora não tem como empurrá-la pra ninguém; fui eu quem aceitei as regras do jogo, mesmo sabendo o risco que correria, mesmo sabendo que poucas pessoas me apoiariam, mesmo sabendo que as vezes todo o meu esforço não será reconhecido, e que vão achá-lo insuficiente mesmo sendo máximo.

No fim das contas, só eu posso dizer o quanto valeu o meu esforço, porque qualquer outra pessoa não o viveu com suas dificuldades, e levezas; não conhece de fato o todo. E no final, seria super valorizada por uns e desvalorizada por outros, cada um utilizando seus pesos e medidas para fazer tal ponderação; mas eu, eu vou saber o quanto valeu de verdade, e espero poder olhar para traz e ver que valeu muito a pena passar por tudo...

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Abraço




Sabe aquele abraço que você recebe sem esperar, na hora que você mais precisa, da pessoa que você menos espera!? É, aquele que te faz sentir especial, que muda o seu astral e que te faz esquecer dos problemas!? Pois é, era bem disso que eu tava precisando, e foi isso que eu recebi... e sem perceber foi isso que eu distribui também...


São as pequenas coisas que fazem a diferença... e você já foi abraçado hoje???


quarta-feira, 1 de abril de 2009

Truco


No meio de uma aula super interessante, 4 amigos resolvem sair para tomar um ar (e alguma coisa que molhasse a garganta)

Paulo: Vamos joga truco?
João: Só se a Maria joga comigo.
Paulo: Vamos Maria?
Maria: Demoro!
Paulo: Beleza, eu jogo com o Pedro.
João: Quem for perdendo as quedas tem que virar o copo...
Todos: Ok
(...)
Maria: Porra João, com a merda do Zap na mão e você corre, você só ta fazendo merda hoje!
Pedro: Ele tá com segundas intenções... ele é brasileiro e não desiste nunca...
Maria: Você tá tentando me deixar bêbada né seu FDP!?
João: Bêbada não levemente vulnerável à minhas investidas...


Os nomes foram devidamente trocados, mas o fato aconteceu...

terça-feira, 31 de março de 2009

MSN


Por incrível que pareça, hoje eu mal fiquei on e ele me chamou brincando... a conversa fluiu normalmente (joguinho de palavras e insinuações de ambos); até que a costumeira pergunta veio:

Ele: E ai, quando você vem pra cá?

Eu: Boa pergunta...!?

A vontade era de dizer: Eu ainda não sei, toda vez que eu planejo ir acontece alguma coisa e acaba não dando certo (deve ser praga de alguém), o que eu sei é que ontem eu sonhei com você, e pensei em nós se é que existe nós ou vai existir, ou já existiu...


E só para deixar claro, eu não sou confusa, eu estou confusa... e uma parcela de culpa é sua!

sábado, 28 de março de 2009

Tô aqui esperando


Tem gente que não aprende nunca mesmo... estou esperando até agora o telefonema!

Pleno sábado não bastasse ter aula, ainda tive que aguentar as rotineiras discussões sobre futebol; e eu como boa de briga que sou, dei corda....Ai meu São Paulo não decepcionou, a invencibilidade acabou, e o glorioso tricolor do Morumbi ganhou....

Ei querido amigo, ainda estou esperando o seu telefonema...rs

quinta-feira, 26 de março de 2009

Porque tudo tem um começo

Eu!? Avulsa por natureza, não sou de me prender fácil as coisas... mais uma pessoa solta no mundo com dúvidas e certezas, que quase sempre não são tão certas assim...

Cansada de não poder desabafar, de ter que se segurar, de ter que ser exemplo, mesmo não querendo nada disso, mesmo querendo gritar, errar e fugir....

O avulsilidades!? Meu cantinho a partir de agora para desabafar, escrever coisas do cotidiano, comum (ou nem tanto), espaço sem regras,  sem preocupações, aqui o foda-se estará sempre ON (ou quase sempre...rsrs).

Seja bem vindo!